Faça o que Não Escala

– Você deve escalar o seu negócio, acima de tudo.
– O que importa é se você consegue escalar a sua ideia.
– Temos que ter usuários nos 5 continentes.

Já reparou que a escalabilidade virou um mantra entre os empreendedores?
Longe de mim discordar da importância da escalabilidade, até porque uma das tarefas mais legais e ambiciosas da minha mentoria é ajudar outros empreendedores a impactarem cada vez mais pessoas através de seus negócios.

Como todo conceito sedutor, consigo até escutar o canto da sereia.
Segundo a lenda, uma sereia muito bonita atrai os desavisados que escutam seu canto. Hipnotizados pelo que veem e escutam, esses entram no rio e a sereia os leva para cada vez mais fundo e distante da margem. Quando se dão conta, já deixaram de respirar e não há mais como sair do rio.

Com startups é a mesma coisa….
Somos hipnotizados por histórias maravilhosas de outros empreendedores que conseguiram sucessos aparentemente repentinos, crescimentos exponenciais e começamos a focar em atalhos que nos levem a esse lugar. Quando a escalabilidade se torna uma métrica de vaidade, escapar, se torna insustentável.

Então, no que realmente devemos focar, para que a escalabilidade não se torne uma métrica de vaidade, e sim, um acelerador de crescimento, como deve ser encarado

No vídeo abaixo, eu explico que a resposta está justamente na essência do seu negócio.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *