A principal causa da MORTE das STARTUPS

“A estatística é como um biquíni. O que mostra é sugestivo, mas o que esconde é essencial”. Essa frase é atribuída ao professor de economia norte americano Aaron Levenstein, em sua explicação sobre a miopia que temos ao interpretar números.

No Brasil, dados do IBGE apontam que metade das empresas fecham as portas após completarem apenas 4 anos. Se considerarmos que uma boa parte da nossa economia ainda está na informalidade, torna-se muito difícil precisar a taxa de mortalidade das empresas.

Os motivos são quase sempre os mesmos: mercado desaquecido, burocracia e altos custos. Ok… Não vou contrariar os números, mas você sabe o que estão por trás deles? Uma coisa é o que falamos, outra, bem diferente, é o que queremos dizer…

Se você está começando a dar seus passos em sua jornada empreendedora, olha esse vídeo abaixo. Nele eu falo sobre o principal motivo da morte de uma startup, um erro tão simples quanto rotineiro. Corrigi-lo, logo no início, pode ajudar a salvar muitas empresas, inclusive a sua.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *