Como Realizar os Seus Objetivos

Como Realizar os Seus Objetivos?

O senso comum diz que nós somos tão fortes, quanto as nossas escolhas.

Ahhhh como é bom desafiar o senso comum, o politicamente correto…

Sabe por que você não é tão forte quanto as suas escolhas?

Porque escolher é fácil, nosso cérebro é extremamente eficiente em distinguir algo que nos dá prazer, de algo que nos provoca sofrimento.

Rápido teste:

Você prefere estar no seu peso, sentir-se saudável, ou prefere sentir-se cansado a todo tempo, sem ritmo?

Você prefere morar em um lugar bom ou ruim?

Escolher é fácil. O difícil é pagar o preço de nossas escolhas.

Ser saudável implica em uma série de restrições na nossa alimentação, restringir nossa preguiça e ter a força de vontade em praticar exercícios diários, restringir uma parte da vida social e se comprometer com a qualidade do nosso sono. Olha a quantidade de restrições, somente em um exemplo…

Parece ruim? Vou te dizer que não é nada ruim, muito pelo contrário, restringir é bom.

O problema é que ocidentalizamos o conceito da restrição como sendo algo anormal. Ainda mais nos dias de hoje, se tivermos que abrir mão de algo, isso automaticamente passa a ser considerado como negativo.

Mas se a gente está abrindo mão de algo que a gente sabe que será uma barreira para atingir nossos objetivos, então, abrir mão é bom, é positivo. Restringir a preguiça é bom. Restringir o consumismo que nos endivida com supérfluos, restringir pensamentos e comportamentos que só nos prejudica.

Restringir é a força de vontade em alcançarmos nossos objetivos.

Escolhas são os contratos que assinamos com nós mesmos durante nossa vida, e restrições é a assinatura desse contrato.

Já parou para se perguntar por que as resoluções de ano novo tendem a não se realizar?

Porque fazemos as escolhas, desejos e objetivos sem pensar no preço que iremos pagar. Então elas tendem a não se realizar mesmo…

Mas e se ao lado de cada uma de nossas escolhas, nós anotássemos também as restrições que seriam necessárias para realizar nossos objetivos?

Se você se propõe a fazer a viagem dos seus sonhos, quais as restrições que você vai ter que fazer agora?

Talvez sair menos, economizar mais aqui; ou trabalhar por mais horas, que vai te provocar outras restrições também.

Cada escolha implica em uma série de negações, não tem como fugir. Mas tem como estar consciente desse processo.

E quando a gente está consciente disso, a gente entende o mecanismo por trás da realização dos nossos objetivos, do nosso sonho, a gente vai começando a realizar cada vez mais e mais… E escolhas que aparentemente seriam utópicas, objetivos, sonhos que aparentemente eram utópicos na nossa vida começam a acontecer. E o que acontece, a gente passa a fazer escolhas cada vez maiores. Escolhas e restrições são como a antiga história do queijo. Se o queijo tem buracos, então quanto mais buracos mais queijo. Quanto maiores forem as suas restrições, maiores serão as suas escolhas, mais realizado você vai se sentir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *